09/07/2015 por Norteando Você

Entenda a diferença entre frango caipira e frango de granja

Com a variedade e as grandes opções que se encontram disponíveis para a compra, nem sempre ficam claras as diferenças entre os produtos

Algumas diferenças entre o frango caipira e o frango de granja pesam na hora da escolha do consumidor. Foto:Divulgação

Algumas diferenças entre o frango caipira e o frango de granja pesam na hora da escolha do consumidor. Foto:Divulgação

Na hora da escolha de que alimento levar para casa é comum algumas dúvidas surgirem ao consumidor. Com a variedade e as grandes opções que se encontram disponíveis para a compra nem sempre ficam claras as diferenças entre os produtos, que muitas vezes passam despercebidas.

Podemos citar como exemplo o frango que é comprado de granja ou o caipira, você sabe a diferença? Nós do Norteando você vamos te ajudar a diferenciá-los.

O Frango caipira é o frango criado “solto”, logo requer menos cuidados, livre de hormônios, ele e é resultado do cruzamento de várias outras raças. Geralmente, ele é procurado por pessoas que querem ter um estilo de vida mais saudável. Muitas consumidores dizem que tanto a carne, quanto os ovos dessa ave são mais saborosos que os do frango criado em granja.

O Frango de granja é aquele que é criado propriamente para o abate e o consumo, seu tempo de crescimento é mais rápido, pois em sua dieta inclui alguns hormônios, como os de crescimento que são adicionados. Para quem cria é mais lucrativo, já que o tempo de abate é menor que o do frango caipira. A carne é menos saborosa e consistente que do caipira, em compensação mais macia e de rápido preparo.

Frangos sem hormônio

Algumas granjas se especializaram na criação de frangos de granja sem hormônios, tornando-os assim mais saudáveis e consumíveis até pelos que preferem os alimentos que não possuem hormônios. A granja Regina pode ser citada como esse exemplo.

Seja caipira ou de granja, o frango é um dos alimentos mais saudáveis para o consumo diário, pois possui menos gorduras saturadas e é rico em vitaminas b6 (que auxilia na circulação cardíaca), b3 (niacina) que ajuda no combate ao câncer e é rica em Selênio, que ajuda na manutenção correta da tireoide.

Notícias relacionadas

4 comentário em “Entenda a diferença entre frango caipira e frango de granja”

  1. Joel Brito disse:

    É possível criar frango de granja só com ração e milho?
    Será que esse frango criado assim, vai se desenvolver quase igualmente os que são criados a base de hormônios?
    Se puderem me responder, me ajudariam muito.
    Obrigado!

  2. Rodrigo Reis disse:

    Tenho amigos que fazem zootecnia na Universidade Rural e dizem que essa história de hormônio não passa de alarmismo da mídia, pois não é verdade. Simplesmente seria caro e ineficiente a utilização de hormônios e o que é feito, simplesmente, é a chamada “seleção não natural” que, através do cruzamento selecionado dos melhores e maiores, se obteve ao longo dos anos uma ave de crescimento mais rápido e de maior porte.

  3. Isabela disse:

    Não existe adição de hormônios na ração de frangos, o Rodrigo Reis está certíssimo! Isso não passa de boatos. Além de ser proibida por lei, esta adição de hormônios é economicamente inviável.

  4. soares disse:

    Lógico que para ” a matrix” as grandes corporações todos os hormônios e antibióticos dados aos animais criados em cativeiro – seja frango ou boi – n faz mal algum a nós humanos n é?

Deixe aqui seu comentário