14/09/2016 por Norteando Você

Defensivos agrícolas: uso correto evita desperdícios e contaminação

Treinamento em Limoeiro do Norte mostra aos trabalhadores rurai os benefícios da aplicação correta e racional dos produtos

defensivos-colheita

O programa visa orientar sobre o uso correto dos defensivos para preservar o meio ambiente (Foto: Reprodução)

O uso correto de defensivos agrícolas será tema de treinamento ofertado pelo Programa Aplique Bem, nesta quarta-feira (14), em Limoeiro do Norte (CE).

A proposta é mostrar aos trabalhadores rurais da região os benefícios da aplicação correta e racional dos produtos, reduzindo perdas e evitando contaminação do meio ambiente.

Defensivos

O programa é resultado de parceria entre a Arysta LifeScience e o Instituto Agronômico de Campinas (IAC). O treinamento não tem custos para trabalhadores e produtores.

Nos encontros, os participantes são orientados sobre as práticas adequadas e seguras na aplicação dos defensivos agrícolas. Os instrutores do Aplique Bem são preparados pela IAC para treinar ao agricultor sobre tecnologia de aplicação em diversas culturas.

“O treinamento é muito benéfico ao produtor, pois as técnicas e as informações transmitidas auxiliam na construção de uma agricultura cada vez mais responsável e sustentável”, afirma gerente de registro da Arysta LifeScience, Líria Hosoe.

Vantagens

O curso garante ainda oportunidades de melhorias e vantagens econômicas aos agricultores já que torna possível minimizar os desperdícios.

O curso retorna ao Estado do Ceará com apoio da Câmara Setorial de Fruticultura do Ceará, da Federação de Agricultura do Estado do Ceará (Faec) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural/CE (Senar). No último dia 12, o treinamento também foi realizado no município de Ubajara.

Sobre o Programa

O programa “Aplique Bem” foi criado em 2007 com o objetivo de preservar o meio ambiente, proteger o aplicador e incentivar a redução de custos com a melhor aplicação dos defensivos agrícolas.

Em parceria com a Arysta LifeScience, o projeto já conseguiu reduzir o uso de defensivos agrícolas de forma expressiva, dependendo da cultura e modalidade de aplicação, nas áreas as quais foi empregado no Brasil. O programa já esteve em 22 estados e DF. No Ceará, o treinamento vem sendo realizado todos os anos.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário