15/03/2016 por Norteando Você

Terreno abandonado é transformado em escola de cultura

A transformação do local foi feita por moradores da região e as aulas da escola de cultura são todas gratuitas

Crianças fazendo aula de maculelê no Ocupação Pandorga. (Foto: Reprodução/Facebook Ocupação Pandorga)

Crianças fazendo aula de maculelê no Ocupação Pandorga. (Foto: Reprodução/Facebook Ocupação Pandorga)

Uma iniciativa de moradores da região do bairro Azenha, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e coletivos culturais da cidade, o projeto Ocupação Pandorga tem como proposta transformar um espaço público municipal sucateado e abandonado, num projeto de moradia e cultura popular.

Localizado em uma rua estreita do bairro já citado acima, em meio a muros com muitos grafites e pixos já desbotados, fica o local que estava abandonado e, 10 anos depois, após ocupação de moradores e participantes de projetos culturais, se tornou sede da Ocupação Pandorga.

A Ocupação Pandorga é centro de cultura e de moradia que oferece aulas gratuitas, incluindo oficinas de teatro, circo e cinema, aulas de inglês, circo, maculelê, malabares e capoeira, para pessoas de todas as idades, além de ser um espaço para brincadeiras, conversas, debates e movimentos culturais par os jovens da região.

Todas as pessoas que fazem parte do projeto Ocupação Pandorga se juntaram de forma colaborativa e estão ali como voluntários, para doar um pouco de si ou de seus conhecimentos ao próximo sem pensar em retorno financeiro.

Apesar de estarem de portas abertas para toda a população, sem distinção de gêneros e idades, a maioria dos que procuram o Ocupação Pandorga são crianças e jovens que vão aprender, tudo o que eles têm direito.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário