18/04/2016 por Norteando Você

Loja on-line de segmento esportivo investirá também em produtos de beleza

A diretoria executiva do Grupo Netshoes afirma que a diversificação vai permitir ampliar vendas usando a mesma estrutura

A diretoria executiva da empresa afirma que a diversificação vai permitir ampliar vendas (Foto: Reprodução)

A diretoria executiva da empresa afirma que a diversificação vai permitir ampliar vendas (Foto: Reprodução)

Um dos grupos de e-commerce mais conhecidos no país pela venda de artigos esportivos, Grupo Netshoes, está inovando seu mercado de vendas e passará a competir na área de cosméticos, com a venda on-line de produtos de beleza.

De acordo com a diretoria financeira da companhia, a empresa já negocia com fabricantes nacionais e internacionais a oferta de produtos de beleza no site da Zattini, loja online de moda do Grupo Netshoes. A intenção é criar um conceito de loja de departamentos na Zattini para que o público feminino encontre, no futuro, itens de moda, beleza, bem-estar e nutrição em um mesmo lugar.

Em 2015 o setor de cosméticos movimentou R$ 42,7 milhões no país. Na internet, a categoria respondeu por 10% das vendas, segundo a e-bit. A maior competidora no segmento é a Sephora, mas fabricantes como Natura, O Boticário e Avon também têm reforçado suas operações na internet.

A diretoria executiva da empresa afirma que a diversificação vai permitir ampliar vendas usando a mesma estrutura, diluindo custos. As vendas da Zattini superaram R$ 100 milhões em 2015 e a meta é consolidar a operação este ano.

Crescimento da empresa

O Grupo Netshoes obteve crescimento de 33% na receita líquida, indo para R$ 1,5 bilhão. O avanço é superior ao registrado pelo comércio eletrônico no país, de 15% no ano passado. O varejo de vestuário e calçados como um todo (incluindo lojas físicas) encolheu 8,7% em 2015, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo os executivos do setor financeiro da Netshoes, esse crescimento mostra uma capacidade sólida de ganho de participação de mercado, com uma expansão forte, mesmo com a recessão no Brasil. Para 2016, o Grupo Netshoes espera crescer acima da média do varejo on-line. A e-bit projeta para o setor como um todo um aumento nominal de 8% nas vendas, para R$ 44,6 bilhões.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário