01/08/2016 por Norteando Você

Fruticultura brasileira vai para o Livro dos Recordes

Frutas como laranja, maça e abacaxi, foram doadas por produtores rurais de vários Estados brasileiros

fruticultura-mesa

A mesa exibiu a diversidade da produção agropecuária do País (Foto: Divulgação)

A fruticultura brasileira entrou para o Livro dos Recordes. Produtores e associados da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) montaram o maior mostruário de frutas do mundo, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

18 mil quilos

Mais de 18 mil quilos de frutas e outras toneladas de alimentos ocuparam uma estrutura de 240 metros de comprimento e 1,60m largura.

O trabalho foi reconhecido e certificado pelo Guinness. O espaço foi organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em comemoração ao Dia do Agricultor, comemorado na última quinta-feira (28).

Produtores rurais de diversos estados doaram abacaxis, laranjas e bananas , maçã, melancia, manga, uva, melão, morango, carambola, caju e abacate. As frutas foram distribuídas para cerca de seis mil pessoas que ocupavam a Esplanada do Ministério.

Produtor de frutas

O evento foi promovido, de acordo com a CNA, com o objetivo de exibir a grandeza da agropecuária brasileira, com enfoque na fruticultura. “O Brasil é um grande produtor de frutas e viemos mostrar para a população que produzimos frutas de qualidade e com seguranças, isento de qualquer contaminação”, destacou João Martins da Silva, presidente da entidade.

A exposição foi organizada em parceria com federações, sindicatos e produtores rurais e representou a oportunidade de reforçar a diversidade da produção agrícola nacional.

Exportações

A CNA aproveitou o momento para apresentar o documento “Dez medidas para garantir o crescimento e fortalecimento da agropecuária brasileira”. São propostas consideradas importantes para que o setor continue contribuindo para o desenvolvimento do País.

Representantes do Guinness mediram o trabalho de montagem da mesa que representava a fruticultura nacional, acompanhados por técnicos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do Ministério da Agricultura. A exposição estava de acordo com os critérios exigidos.

O Brasil tem potencial para somar US$ 1 bilhão em exportações de frutas secas até 2017, conforme levantamento da Abrafrutas. O País é o terceiro maior produtor de frutas do mundo.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário