22/06/2016 por Norteando Você

Premiação reforça a importância cultural do Maracatu

No Ceará, a Prefeitura instituiu o dia 25 de cada mês para celebrar a dança folclórica

O Maracatu já ganhou até data especial para sua comemoração em Fortaleza, dia 25 de todo mês (Foto: Reprodução)

O Maracatu já ganhou até data especial para sua comemoração em Fortaleza, dia 25 de todo mês (Foto: Reprodução)

O patrimônio cultural brasileiro, em especial o nordestino, é muito rico no quesito diversidade. Por conta disso, todo dia 25 a cidade de Fortaleza comemora o Dia do Maracatu. Na região, é bastante comum encontrar competições que avaliam os mais diferentes grupos de maracatu.

Este ano, é a 29ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, maior premiação com objetivo de promoção e preservação do Patrimônio Cultural de todo o País. Entre os 220 projetos inscritos neste ano, 60 propostas de 22 estados brasileiros e Distrito Federal serão analisadas pela Comissão Nacional de Avaliação. Um destes finalistas é o projeto Dia 25 é Dia de Maracatu, uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.

A fase final acontecerá nos dias 27 e 28 de julho, quando a Comissão Nacional se reunirá na sede do Iphan, em Brasília (DF), para definir os oito vencedores que serão contemplados com 30 mil reais, como estímulo e forma de reconhecimento às iniciativas de preservação, salvaguarda e gestão compartilhada do Patrimônio Cultural.

Memória do maracatu

Lançado no dia 25 de março de 2013, data em que se celebra oficialmente o Dia do Maracatu e a libertação dos escravos no Estado do Ceará, o projeto Dia 25 é Dia de Maracatu faz parte de uma política cultural de apoio e disseminação desta tradição ao longo do ano e realizado com apoio direto da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará.

De acordo com informações da gerência da Célula de Patrimônio Imaterial da Secretaria de Cultura de Fortaleza, o projeto se propõe a dar maior visibilidade e democratizar o acesso a essa manifestação, além de envolver a cidade de Fortaleza no contexto da celebração, visando a difusão e o fortalecimento dos Maracatus locais.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário