Queima de Gordura

Como o Estresse Atrapalha o Emagrecimento?

Não existe uma receita mágica para perder peso, contudo, o mais recomendado é sempre a combinação entre comer menos e malhar mais, ou até mesmo fazer uso de um emagrecedor natural como o Keto Redux que é um produto natural que ajuda na perda de peso.

O que acontece é que nem sempre a prática tem os melhores resultados, afinal, cada metabolismo e único e existe uma grande variedade de aspectos que influenciam esses resultado.

Dentre os principais, temos o estresse, que pode trazer uma série de consequências sérias ao organismo, incluindo a dificuldade de perder peso.

Sem dúvidas, a rotina hoje é muito mais agitada do que era há alguns anos atrás. Mais do que isso, a internet trouxe ao mundo um senso de urgência nunca antes visto, onde todas as respostas para perguntas tem que ser encontradas na hora, todas as conversas têm de ser imediatas e todos os contatos são rápidos.

Somado a isso, temos problemas financeiros, de relacionamento, trabalho, família, filhos, falta de tempo e uma série de outros fatores.

O resultado é que o humano está lidando com níveis cada vez mais altos de estresse, que impactam profundamente na saúde e na qualidade de vida.

Por isso também é cada vez maior o número de pessoas com sobrepeso no mundo todo.

Por que o estresse dificulta o emagrecimento?

Pois bem, o estresse afeta diretamente as emoções de uma pessoa e isso impacta em todas as decisões da sua vida, ou seja, desde a forma como você vai se alimentar até pequenas decisões que toma.

Mais do que isso, ele também causa alterações metabólica, pois desencadeia a produção de uma série de hormônios que podem ser bastante prejudiciais, até mesmo para a perda de peso.

Dentre eles, podemos citar o cortisol e a adrenalina em elevados níveis no sangue.

Quando isso acontece de uma forma constante, acaba levando à diminuição do gasto calórico, favorecendo o acúmulo de gorduras. O pior é que esse acúmulo ocorre especialmente na região abdominal.

O resultado também é o aumento da pressão sanguínea, podendo desencadear um quadro de hipertensão, e o aumento dos níveis de açúcar, podendo ocasionar a diabetes.

E tem mais: quando o corpo está estressado, ele entende que está em uma situação de perigo e alerta, que precisará lutar ou fugir a qualquer momento.

Então, toda a energia fica retida para esse momento, deixando a digestão e outras funções para um segundo plano. Isso também impacta negativamente na absorção dos nutrientes e na função metabólica como um todo!

Portanto, se você deseja emagrecer, uma das primeiras coisas a se fazer é controlar os níveis de estresse!