14/04/2016 por Débora Britto

Represa de Guarapiranga oferece várias opções de lazer à população de São Paulo

O local oferece ao público passeios de barco e de lancha, além da prática de esportes náuticos, como windsurf, wakeboard e kitesurf

O local reúne adeptos do windsurf, wakeboard e kitesurf, stand up padle entre outros. (Foto: Banco de Imagens/Internet)

O local reúne adeptos do windsurf, wakeboard e kitesurf, stand up padle entre outros. (Foto: Banco de Imagens/Internet)

Um oásis em meio ao concreto da cidade de São Paulo. Assim, podemos definir a Represa de Guarapiranga, localizada na zona Sul, que fica próximo aos bairros Interlagos e Santo Amaro, e é responsável pelo fornecimento de água para cerca de 4 milhões de pessoas no estado.

Além disso, o local reúne opções de lazer para todos os gostos, com passeios de barco, lancha e a possibilidade de praticar e aprender windsurf, wakeboard, kitesurf, stand up padle, wakeboard entre outros.

Basta o sol aparecer acompanhado de bons ventos para o lugar ficar repleto de pessoas em busca de diversão e da prática de esportes aquáticos. Ao longo de seus 28 quilômetros de margens, estão instaladas unidades de clubes e escolas de esportes náuticos, além de parques e marinas particulares.

Navegar e aprender a velejar

Quem estiver interessado, pode navegar e aprender a velejar nas escolas de iatismo ou associar-se as diversas agremiações esportivas com sede na região. É comum ver pessoas velejando no local, como o campeão olímpico Robert Scheidt. Muitas pessoas procuram a represa para ter as primeiras aulas de vela na Pera Náutica, que cobra cerca de 400 reais pelo curso com duração de dez horas.

Já o Tempo Wind Clube, um dos mais tradicionais, pessoas interessadas aprendem windsurf, wakeboard e kitesurf, modalidade em que o esportista se desloca sobre uma prancha, preso a um pequeno paraquedas, em cursos a partir de 400 reais. Mas, pelo valor de cerca de 45 reais, o visitante pode aproveitar por um dia a infraestrutura do clube, com piscina, playground, lanchonete, loja de artigos esportivos e estacionamento.

Pessoas, como o comerciante Dario Maluf Mattar, frequentam a Represa de Guarapiranga há vários anos. O local foi escolhido por Dario para comandar, por radiocontrole, seu barquinho de pouco mais de 1 metro de altura durante as regatas promovidas pela Associação Paulista de Veleiros Radiocontrolados. “Desde meus 12 anos venho aqui ao menos duas vezes por mês”, destaca.

Outro atrativo da represa é o Parque Ecológico de Guarapiranga que oferece aos visitantes uma estrutura com trilhas, quadras poliesportivas, dois campos de futebol, lago, brinquedoteca e uma grande variedade de plantas. O local reúne ainda cerca de cinquenta espécies de aves, mamíferos e répteis, que vivem na área.


Débora Britto
Estudante de Jornalismo e radialista, Débora Britto inciou seu trabalho em comunicação na AM Pitaguary e passou por tantas outras. Em 2006, apresentou o programa Futebol de Salto Alto na extintaTransamérica Hit’s Ceará. Em seguida, o projeto foi para a Cidade AM 860, onde também realizava cobertura da Assembleia Legislativa do Ceará para o programa diário Notícias na Cidade, apresentado por Flávio Moreira. Em paralelo, apresentava o Encontro Tropical, programa musical vinculado a FM Tropical (atual Beach Park FM), emissora que fazia parte do Sistema Cidade de Comunicação. Nesse período, também trabalhou como assessora parlamentar de comunicação. Na rádio FM Expresso (atual FM Expresso SomZoom Sat), comandou o Futebol de Salto Alto por 1 ano. O amor pelo esporte a levou a participar do Programa Café com Bola, onde dividia o comando da atração com Guido Albuquerque. Sua experiência na tv foi com o programa Take, na TV Ceará. Atualmente, além de fazer parte dos quadros no portal de notícias Norteando Você, Débora faz parte da equipa da rádio do legislativo cearense, FM Assembleia e é repórter esportiva do programa Expresso em Pauta, da rádio Expresso SomZomm Sat.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário