30/10/2015 por Norteando Você

Jequitibá-rosa ‘Patriarca’, a árvore mais velha do Brasil

Segundo especialistas, sozinho, o Patriarca já capturou mais de 132 toneladas de CO2 ao longo de sua existência

O jequitibá-rosa de 3 000 anos, chamado por alguns de "Patriarca da Floresta", mede 49 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares. Foto:Reprodução

O jequitibá-rosa de 3 000 anos, chamado por alguns de “Patriarca da Floresta”, mede 49 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares. Foto:Reprodução

O Brasil, por ser um país de clima subtropical, possui uma grande diversidade de fauna e flora. Só a região amazônica detêm aproximadamente 30.000 espécies, cerca de 10% das plantas de todo o planeta. No Parque Estadual Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro, no estado de São Paulo, encontram-se alguns dos maiores exemplares de jequitibá conhecidos no mundo.

O Jequitibá-rosa de 3.000 anos, chamado por alguns de “Patriarca da Floresta”, mede 49 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares. Com um diâmetro de 3,6 metros e circunferência medindo 11,3 metros. De acordo com os biólogos do município paulista, as raízes da árvore chegam a uma profundidade de 18 metros e seu peso bruto foi calculado em 264 toneladas, o equivalente a 53 elefantes com peso médio de cinco toneladas. Para abraçá-lo são necessárias dez pessoas de mãos dadas para dar a volta em seu tronco.

Segundo especialistas, sozinho, o Patriarca já capturou mais de 132 toneladas de CO2 ao longo de sua existência. Segundo a prefeitura da cidade, o Jequitibá-rosa reúne aproximadamente 190 metros cúbicos de madeira, montante que possibilitaria construir em torno de 15000 cadeiras.

A árvore Jequitibá

O Jequitibá-rosa, nome científico, “Cariniana estrellensis” é da família “Lecythidaceae”. É uma madeira moderadamente pesada, pouco durável em condições naturais. Suas sementes são muito apreciados pelos macacos. A árvore possui qualidades ornamentais, mas por ser de grande porte é recomendada apenas para o paisagismo de parques e grandes jardins.

Para conseguir chegar à impressionante idade de três milênios, o Patriarca teve de resistir à presente humana e a alguns fatores biológicos como a ação de pragas, insetos ou outros agentes como vírus e bactérias que podem decretar a morte de uma planta por causas naturais, sem contar o risco de possíveis raios ou incêndios.

O parque do Vassununga está localizado às margens do Km 245 da Rodovia Anhanguera no município de Santa Rita do Passa Quatro, na região nordeste do Estado de São Paulo e é um dos últimos remanescentes de meio ambiente de Mata Atlântica Interior onde se destaca a Floresta Latifoliada Tropical Semidecídua e o Cerrado.

Notícias relacionadas

Deixe aqui seu comentário